segunda-feira, 27 de abril de 2009

Diferença Entre Urgência e Emergência




São dois conceitos de suma importância para a decisão de prioridades de atendimento em serviços de pronto-socorro.


EMERGÊNCIA: ocorrência ou situação perigosa, de aparecimento súbito e imprevisto, necessitando de imediata solução.


URGÊNCIA: ocorrência ou situação perigosa, de aparecimento rápido, mas não necessariamente imprevisto e súbito, necessitando de solução em curto prazo.

A diferença entre emergência e urgência reside em dois pontos:

1] na primeira o aparecimento é súbito e imprevisto, na segunda não;

2] a primeira exige solução imediata; a segunda, em curto prazo, havendo apenas premência ou insistência de solução. Ambas têm em comum a periculosidade.


Na área médica, as definições seriam:


EMERGÊNCIA MÉDICA: quadro grave, clínico ou cirúrgico ou misto, de aparecimento ou agravamento súbito e imprevisto, causando risco de vida ou grande sofrimento ao paciente e necessitando de solução imediata, a fim de evitar mal irreversível ou morte.


URGÊNCIA MÉDICA: quadro grave, clínico ou cirúrgico ou misto, de aparecimento ou agravamento rápido, mas não necessariamente imprevisto e súbito, podendo causar risco de vida ou grande sofrimento para o paciente, necessitando de tratamento em curto prazo, a fim de evitar mal irreversível ou morte.


Ambos termos têm em comum serem quadros nosológicos graves, se não tratados, podem causar mal irreversível ou morte. Diferem: a emergência o aparecimento ou agravamento é súbito e imprevisto, necessitando de solução imediata - é um estado de agudeza; a urgência o aparecimento é rápido, mas não é súbito e imprevisto e a solução pode ser em curto prazo - é um estado de semi-agudeza.


Exemplos:


Parada cardiorespiratória e hemorragias são sempre emergências;

Fratura, dependendo do comprometimento pode ser urgência;

Entorses e luxações são geralmente urgências;

Na rotina pré-hospitalar as ocorrências são consideradas emergências.


A importância da distinção entre estes dois conceitos está na necessidade de termos bases definidas para estabelecermos as prioridades nos atendimentos nas constantes situações críticas em prontos-socorros. Essa distinção é importante para se estabelecer a diferença entre "Plantão" e "sobreaviso". O estabelecimento que estiver sujeito a receber casos de "emergência" terá que ter equipe de plantão. Os outros, pode ter a equipe de "sobreaviso" em casa. Em alguns casos, pode não ser uma equipe, apenas um ou alguns especialistas.

60 comentários:

  1. achei otimo!pós terei q dar uma aula sobre urgencia.

    ResponderExcluir
  2. oi,
    vc saberia me dizer qual o simbolo para enfermagem do trabalho,nivel tecnico?
    Obrigada, adorei o seu blog.
    Bjs Francys

    ResponderExcluir
  3. Ola, gostei muito dessa sua explicaçao, me tirou uma grande duvida...
    Abraços...

    ResponderExcluir
  4. Muito bacana este blog, adorei, tirei minhas dúvidas.Valeu...

    ResponderExcluir
  5. muito importante adorei.

    ResponderExcluir
  6. gostei
    tinha algumas duvidas
    nao tenho
    mais.
    bjo

    ResponderExcluir
  7. sou profª de quimica, e trabalhando sobre intoxicação, os alunos sp tem duvudas sobre esse assunto.
    indiquei o blog parapesquisa .é esclarecedor. parabens!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que professor é esse que não sabe nem escrever???

      Excluir
    2. concordo q merda e essa

      Excluir
  8. gostei muito do blog entrei por acaso,faço o curso d tec de enf.,e sou apaixonada pelo SAMU,estou fazendo o curso de APH p/ trabalhar no SAMU.PARABÉNS vou endicar o blog p/ amigos.darcilene

    ResponderExcluir
  9. TRABALHO EM UM HOSPITAL E TINHA DÚVIDAS SOBRE O ASSUNTO. AS DÚVIDAS QUE TINHA O BLOG ACABOU DE ME SOLUCIONAR... OBRIGADA PELA AJUDINHA E PARABÉNS POR FAZEREM UM TRABALHO LINDO SAMU. DORA CHAVES

    ResponderExcluir
  10. Adorei sua explicação,sou da enfermagem e trabalhei na emergência e tinha um pouco de dúvidas sobre o assunto,foi muito exclarecedor.um braço.

    ResponderExcluir
  11. Sou técnica de enfermagem e estou cursando Bach. em enfermagem, sua explicação foi muito importante para esclarecer as dúvidas que eu tinha a respeito desses dois conceitos.

    ResponderExcluir
  12. Amei o blog . Muy Obrigada!!!
    * sem mais dúvidas... *
    Mayara Teixeira

    ResponderExcluir
  13. que coisa mais complicada!!!

    ResponderExcluir
  14. obrigado pelas exlicações eu sou tec. e bachrel em enfermagem mais tinha divida sobre estas duas questões.
    Grata. Mary

    ResponderExcluir
  15. Não é risco de vida, mas "risco de morte" ou "coloca a vida em risco". Quando uma pessoa sofre um grave acidente, corre risco de morrer, e não de viver.

    ResponderExcluir
  16. PARABÉNS PELA TRADUÇÃO E DE GRANDE IMPORTANCIA PARA TODOS

    ResponderExcluir
  17. Explicação esclarecedora, parabéns pelo blog!!!

    ResponderExcluir
  18. Otima explicação, sou medica, e faço residencia. Por acaso vi o blog e visitei...
    excelente explicação, mais claro que isso... quase impossvel. Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que tal um cursinho de português???

      Excluir
  19. gostei da explicação, pois estava pesquisando um trabalho.

    ResponderExcluir
  20. E muito complicado entender as duas situaçoes, principalmente se a pessoa for leiga em medicina. Mas valeu a explicaçao!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  21. SOU ESTUDANTE DE ENFERMAGEM,TIREI TODAS AS MINHAS DÚVIDAS.PARABENS!!!

    ResponderExcluir
  22. UFA OBRIGADO PELA AJUDA.

    ResponderExcluir
  23. Muito boa a explicação!Ao dar exemplos deu para concluir a diferença dita anteriormente!Parabéns!

    ResponderExcluir
  24. bom poster
    Porem quando vc fala que HEMORRAGIA e EMERGENCIA,
    isso vai depender muito da HEMORRAGIA,pq podemos que TEREMOS ver o tipo de hemorragia, local e vasos afetados... pq vale a pena lembrar que uma Epistaxe tb e uma HEMORRAGIA e nem por isso e uma EMERGENCIA.....

    GRACIAS

    ResponderExcluir
  25. CARO ANÔNIMO, A MENOS QUE EU ESTEJA ERRADA , HEMORRAGIA É A PERDA DE SANGUE ACIMA DE 500 ML O QUE A TORNA UMA EMERGÊNCIA. UMA EPISTAXE NORMALMENTE É APENAS UM SANGRAMENTO ( MENOS DE 500 ML) O QUE PODE TORNÁ-LA APENAS UMA URGÊNCIA.
    NA ÁREA MÉDICA ESTES CONCEITOS TAMBÉM SÃO RELATIVOS POIS UMA SIMPLES EPISTAXE PODE SER CONSEQUENCIA DE UM TCE E AI JÁ PASSA A SER UMA EMERGÊNCIA, VAI DEPENDER DO CASO.
    ANA PAULA
    DOMINGOSGAMA@IG.COM.BR
    BOA SORTE

    ResponderExcluir
  26. RESOLUÇÃO CFM nº 1451/95

    Parágrafo Primeiro - Define-se por URGÊNCIA a ocorrência imprevista de agravo à saúde com ou sem risco potencial de vida,
    cujo portador necessita de assistência médica imediata.
    Parágrafo Segundo - Define-se por EMERGÊNCIA a constatação médica de condições de agravo à saúde que impliquem em
    risco iminente de vida ou sofrimento intenso, exigindo portanto, tratamento médico imediato.

    ResponderExcluir
  27. Muito bom esse blog. Parabéns a equipe.

    ResponderExcluir
  28. Massa de mais esse blog, concegui tirar essa dúvida, do que é ermegência e urgência, obg valel.Fica na paz de cristo.Sara

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda bem que não precisa saber escrever direito pra ser enfermeiro.... ou será que precisa? O que você acha?

      Excluir
  29. Ótima explicação, ficou tudo bem exclarecido!

    ResponderExcluir
  30. Adorei a explicação....

    ResponderExcluir
  31. Parabéns pelo blog, é de grande importância para que assuntos como a questão de urgência e emergência sejam discutidos de uma forma tão inteligente! abraço.

    ResponderExcluir
  32. obrigada pela explicaçao,realmente me tirou as dúvidas!!!

    ResponderExcluir
  33. valeu................................. poxa irei fazer uma prova obrigado foi esclarecedor

    ResponderExcluir
  34. muito bom ter esse blog para tira as duvida quando temos

    ResponderExcluir
  35. otimo gostei muito, bem sucinto e objetivo.

    ResponderExcluir
  36. adorei tenho que entregar esse assunto amanha sao muito bons os assuntos

    ResponderExcluir
  37. eu estava confuso sobre urgencia e ermegecia mas agora tirei minhas duvidas.abraços a vcs do blog.valeu

    ResponderExcluir
  38. Muito bom mesmo, parabéns.

    Tenho professores médicos que para tentar explicar essa diferença dão o maior nó na cabeça da gente.

    Explica explica explica mas só complica.

    Parabéns mais uma vez.

    ResponderExcluir
  39. parabéns pelo blog,sou agente de portaria de um hospital e tinha duvidas em diferenciar essas duas perguntas "urgência e emergência" foi muito esclarecedor parabéns pelo lindo trabalho.

    ResponderExcluir
  40. Bom, eu não corro risco de vida!
    Posso correr risco de morte, como todos os seres vivos.
    hahaha! Belo blog pena que esta utilizando termos básicos erroneamente, afim de esclarecer dúvidas.

    ResponderExcluir
  41. sou tecnica de enfermagem, gostaria de saber exatamente o que é uma repolarização ventricular? obrigada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. gos taria que voçê colocasse exemplos claros de urgencia e emergencia ok. obrigada.

      Excluir
    2. Não estão claros?

      Excluir
  42. poderia mim explicar como mulher pode fazer para sentir o orgasmo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk e só sentir prazer. kkkkkkkkkkk

      Excluir
  43. muito bom ...aprendi

    ResponderExcluir
  44. Parabéns!!! Muito boa a sua explicação!!! Gostei muito e tirei minhas dúvidas!!!

    ResponderExcluir
  45. Muito Bom !
    Infelizmente a saude publica do nosso pais nao a menor ideia do significa estes dois termos EMERGENCIA e URGENCIA, pois se soubessem nao deixariam tantas pessoas nas portas dos hospitais em ambas as situacoes implorando por atendimento !!!

    ResponderExcluir
  46. Bomdia
    Achei seu blog super legal
    as explicaçoes sao esclarecedoras
    mas nao entendo como tem respostas ai de pessoas que ja trabalham na area de saude e ainda tinha duvidas desses dois conceitos de Urgencias e Emergencias ....

    Um abraço ai

    Helena

    ResponderExcluir
  47. legal, mas é risco de morte, ninguém corre risco de vida...só os mortos esperando para reencarnar...rs

    ResponderExcluir
  48. Otimo texto ... Me tirou varias duvidas

    ResponderExcluir